CNBB manifesta solidariedade a familiares dos jovens que morreram em Paraisópolis

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Paraisópolis

O bispo auxiliar do Rio de Janeiro, dom Joel Portella Amado, e secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) enviou carta a Dom Luiz Antônio Guedes, bispo de Campo Limpo (SP), e a dom Pedro Luiz Stringhini, presidente do Regional Sul 1, em razão dos tristes acontecimentos em Paraisópolis, na capital paulista, que resultou na morte de nove adolescentes e jovens na madrugada de 1º de dezembro.

Na mensagem, o secretário-geral da CNBB manifesta, de modo especial, solidariedade aos diretamente envolvidos na tragédia. Dom Joel afirma ser dever da Igreja e dos cristãos, diante da indiferença e da morte, proclamar o irrenunciável valor da vida. Afirma ainda que toda pessoa possui o inalienável direito à vida, o qual ninguém tem o poder de exterminar. Confira a íntegra da mensagem de expressão de solidariedade do secretário-geral da CNBB aqui:

Os Bispos do Regional Sul 1, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), também manifestaram lamento pelos atos violentos que resultaram nesta tragédia em Paraisópolis. Confira abaixo:

https://cnbbsul1.org.br/em-nota-regional-sul-1-da-cnbb-lamenta-a-triste-e-assustadora-noticia-em-paraisopolis/

Tags:

leia também