São Mateus

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Cardeal Orani João Tempesta
Arcebispo do Rio de Janeiro (RJ)

 

Neste dia 21 de setembro celebramos a festa litúrgica de São Mateus, apóstolo e evangelista. Autor do primeiro dos três evangelhos conhecidos por nós como sinóticos (os outros dois são os evangelhos de Lucas e Marcos).

A principal característica do Evangelho de São Mateus é apresentar Jesus como o Emanuel que significa Deus Conosco, ou seja, Jesus sendo o filho de Deus é a presença do próprio Deus no meio de nós. Mateus apresenta os Rostos de Deus em Jesus, por meio das suas atitudes, milagres e pregações.

Tudo o que São Mateus escreve em seu Evangelho, o faz de conhecimento de causa, porque conviveu com Jesus e podia apresentar esse Deus misericordioso em Jesus.

Mateus também chamado de Levi era filho de Alfeu, era cobrador de impostos do povo hebreu durante a dominação Romana. Quando Jesus o chama para segui-Lo ele estava sentado na coletoria de impostos e ele deixa tudo e aceita o convite do mestre. “Saindo daí, Jesus viu um homem chamado Mateus, sentado na coletoria de impostos, e lhe disse”: “Siga-me!” Ele se levantou e seguiu Jesus. (Cf. Mateus 9, 9).

Com isso observamos que Mateus apesar de ter muitos bens deixa tudo por um bem maior que é Deus e que Jesus não chama Santos para segui-Lo, mas homens comuns e pecadores. Logo depois que Mateus estava seguindo Jesus ele preparou um jantar em sua casa e ali se reuniu um grande número de cobradores de impostos, como essa profissão era desprezada pelos judeus os fariseus criticaram Jesus por vê-Lo a mesa com os publicanos e pecadores, mas Jesus lhes responde “que ele veio chamar os pecadores ao arrependimento”(Cf. Lc 5,29).

Que São Mateus nos ajude a ouvir o convite do Mestre e abandonar tudo aquilo que nos impede de segui-Lo. Que possamos assim como São Mateus a optar pelo bem maior da nossa vida que é Deus. E que apesar de nossos pecados e misérias Deus nos escolhe e nos acolhe em seu Reino.

Mateus é o Evangelho que apresenta Jesus como o Mestre que veio realizar a justiça de Deus. Uma justiça que não precisa de armas, nem de exército. A única arma é a Palavra de Deus e o exército são os seus seguidores e o principal anúncio é o amor. O amor de Deus que resgata o ser Humano para ele e esse amor de Deus pode salvar o mundo.

A pregação de Mateus, segundo a tradição, se deu na Judéia durante 15 anos e percorreu também grande parte da Etiópia e da Pérsia. O tema central de sua pregação é o que já foi mencionado acima: a Justiça de Deus, que por meio do amor é capaz de nos salvar. E apresenta Jesus como o Filho de Deus.

São Mateus assim como todos os apóstolos foi martirizado por causa do Evangelho e do seguimento a Cristo. Existem algumas versões sobre a sua morte, a que mais se aproxima é que ele tenha sido morto apedrejado, decapitado e queimado. Suas relíquias se encontram até hoje na Igreja de Salerno.

Sigamos o exemplo de São Mateus apóstolo e anunciemos sem medo o Evangelho da verdade pregado por Jesus, levando a Boa nova do Reino e levando a misericórdia e o amor de Deus, sobretudo, aos pecadores e excluídos da sociedade. E que possamos a seu exemplo escolher Deus como nosso bem maior, deixando o que é supérfluo em segundo plano.

Que o Espírito Santo vindo em Pentecostes e que recebemos no nosso batismo e na Confirmação nos capacite e encoraje para a missão e renove em nós o ardor missionário no qual fomos batizados para levar adiante a Igreja de Jesus Cristo.

O nome Mateus significa dom de Deus que possamos ser esse dom de Deus para as pessoas, sobretudo nesse momento que estamos atravessando devido a pandemia da Covid-19 em que muitas pessoas precisam de uma palavra de conforto, precisam de alguém que leve a Eucaristia e que sejam naquele momento o sinal da presença de Deus. Muitas pessoas não são presença de Deus para as outras, muito pelo contrário, mas nós como católicos e praticantes da fé, somos chamados a ser esse dom de Deus para os outros, para assim construir um mundo melhor.

Celebremos com alegria a festa de São Mateus Apóstolo pedindo ao Senhor que sejamos a exemplo dele corajosos para anunciar a boa nova do Reino.

 

 

Tags:

leia também