Santa Sé: situação econômica na Europa pode piorar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
europa_2

Tendo participado da oitava sessão da conferência ministerial da Organização Mundial do Comércio, realizada em Genebra, na Suiça, o observador permanente da Santa Sé, dom Silvano M. Tomasi, disse que ficou particularmente preocupado com a situação econômica na Europa.

“A crise da dívida está forçando vários países europeus a implementar duras políticas fiscais, com o risco de piorar o ciclo econômico” – disse dom  Tomasi num discurso divulgado nesta segunda-feira.

Na sessão encerrada sábado, 17 de dezembro, o arcebispo italiano sublinhou que “nestes casos, os mais fracos são os mais penalizados, de modo particular os jovens adultos, neste período em que os índices de desemprego são os mais elevados em décadas”.

O diplomata da Santa Sé se referiu também aos “pobres” que enfrentam um “forte crescimento da desigualdade em todos os países”. Em seu pronunciamento, D. Silvano Tomasi afirmou que “a família humana não foi criada para servir o mercado, mas o mercado para servir a família humana”.

“Quando este princípio é respeitado, mesmo nos tempos mais difíceis, o medo dá lugar à esperança” – concluiu.

Tags:

leia também