Nota de condolências da CNBB pelo falecimento de dom José Maria Pires

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
dom

Dom José Maria Pires, falecido neste domingo, 27 de agosto, fez parte da Comissão Central da CNBB, o que seria equivalente nos dias atuais ao Conselho Permanente, no anos de 1960. O secretário-geral da Conferência enviou mensagem de pesar, em nome do episcopado brasileiro, ao arcebispo da Paraíba, dom Manoel Delson Pedreira.

Na mensagem, dom Leonardo afirma: “O testemunho de vida de dom José Maria é um exemplo para todos nós. Ele tinha 70 anos de sacerdócio sendo 60 como bispo. A fidelidade à Igreja e a corajosa posição em favor dos mais desamparados sempre marcou passo a passo sua caminhada“.

O velório de Dom José Maria Pires será nessa segunda-feira, dia 28, na Paróquia Nossa Senhora das Dores – Rua Silva Jardim, 100 – bairro Floresta, em Belo Horizonte (MG), a partir das 10h30, com Celebração Eucarística às 12h, presidida pelo arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo. O sepultamento será em João Pessoa, na Paraíba.

O corpo do arcebispo emérito da Paraíba, dom José Maria Pires, vai chegar a 01h55 no Aeroporto Castro Pinto, na grande João Pessoa. O traslado será feito em carro aberto, num veículo do Corpo de Bombeiros, até a catedral basílica de Nossa Senhora das Neves, no centro da capital. O cortejo deverá ser acompanhado pelo arcebispo metropolitano da Paraíba, dom Manoel Delson Pereira da Cruz, padres, diáconos e religiosos da arquidiocese e representantes de pastorais e movimentos sociais arquidiocesanos.

O velório começa ainda de madrugada. A catedral vai ficar aberta durante todo o dia para as despedidas do povo de Deus a dom José. Várias missas vão ser celebradas durante o dia. Às 16h, terá a última celebração, de corpo presente, presidida pelo arcebispo dom Delson. O sepultamento será, em seguida, na própria catedral.

 

Leia a Nota:

Nota de condolências da CNBB pelo falecimento de dom José Maria Pires

Prezado Irmão, dom Manoel Delson Pedreira da Cruz.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) manifesta seu pesar pelo falecimento do bispo emérito da arquidiocese da Paraíba, dom José Maria Pires, ocorrido neste domingo, 27 de agosto.

O testemunho de vida de dom José Maria é um exemplo para todos nós. Ele tinha 70 anos de sacerdócio sendo 60 como bispo. A fidelidade à Igreja e a corajosa posição em favor dos mais desamparados sempre marcou passo a passo sua caminhada. A participação no Concílio Vaticano II fez dele um decidido apóstolo em defesa da renovação eclesial conforme afirmou Papa Paulo VI, em dezembro de 1965: “O Concílio […] não deixa apenas à posteridade a imagem da Igreja, mas também o patrimônio da sua doutrina e dos seus mandamentos, isto é, o depósito que Cristo lhe confiou; depósito que no decurso dos tempos os homens sempre meditaram, transformaram, por assim dizer, no próprio sangue e exprimiram de algum modo no seu viver; depósito que agora, aclarado em muitos pontos, foi estabelecido e ordenado na sua integridade. Este depósito, vivo pela divina virtude da verdade e da força que o constituem, deve ser considerado apto para vivificar todo o homem que o acate piedosamente e dele alimente a sua própria vida”.

Dom José Maria foi um extraordinário pastor no acompanhamento e promoção, na Igreja e na sociedade, das comunidades e da cultura religiosa afro-brasileira.

Destacamos ainda seu lema episcopal que era “Scientiam Salutis” (A Ciência da Salvação). Expressão que pode sugerir uma lembrança constante à importância da Palavra de Deus: “A Igreja funda-se sobre a Palavra de Deus, nasce e vive dela. Ao longo de todos os séculos da sua história, o Povo de Deus encontrou sempre nela a sua força, e também hoje a comunidade eclesial cresce na escuta, na celebração e no estudo da Palavra de Deus” (Verbum Domini, n.3).

Rezamos por dom José Maria Pires: “Confiamos, Senhor, na vossa imensa misericórdia, e pedimos: concedei-lhe, por vossa bondade, o convívio dos apóstolos e mártires”.

Enviamos nossa saudação ao senhor, aos familiares de dom José Maria Pires, e a todas as comunidades da arquidiocese da Paraíba.

Em Cristo,

Leonardo Ulrich Steiner
Bispo Auxiliar de Brasília (DF)
Secretário-Geral da CNBB

 

Tags:

leia também