Morre na Itália dom Franco Cuter, bispo emérito de Grajaú (MA)

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp Image 2019-09-30 at 08.58.40

Será enterrado na quarta-feira (02), no Cemitério dos Capuchinhos, em Bergamo, na Itália, o corpo do bispo emérito da diocese de Grajaú (MA), dom Franco Cuter. O bispo tinha 79 anos e morreu no sábado (28), no hospital de Varese, na Itália, vítima de um AVC – após uma queda no quarto.

O velório acontecerá nesta segunda-feira (30), no Convento dos Frades Capuchinhos, em Varese, com a celebração da Santa Missa às 18h.

Nascido em Gazzaniga, na Itália, membro da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, dom Franco era radicado no Brasil e foi o sétimo bispo de Diocese de Grajaú.

Trajetória

Dom Franco atuou como titular na diocese de Grajaú entre os anos de 1998 e 2016. Nascido no dia 28 de julho de 1940, Gazzaniga, na Itália, sua ordenação presbiteral aconteceu no dia 26 de março de 1966. Dom Franco era religioso da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos e foi o sétimo bispo de Diocese de Grajaú.

Impelido pelo chamado missionário, pediu aos superiores da ordem para ser enviado à missão capuchinha no Brasil, chegando em São Luís em 1982. Por vários anos desenvolveu uma intensa atividade como formador dos postulantes e vigário da Paróquia Nossa Senhora da Conceição no Anil-Arquidiocese de São Luís.

Em janeiro de 1989 foi eleito vice-provincial da Vice Província Maranhão-Pará e desenvolveu este serviço de animação durante seis anos. Em 1995 é nomeado pároco do Anil.

A vivência no sacerdócio o levou à nomeação episcopal em 21 de janeiro de 1998 onde foi nomeado bispo da Diocese de Grajaú pelo Papa João Paulo II. Aos 19 de março de 1998 ocorreu sua posse da Diocese de Grajaú (MA).

A presidência da CNBB enviou nota de condolências ao atual bispo de Grajaú (MA), dom Rubival Cabral Britto.

Nota de Condolências da CNBB pelo falecimento de dom Franco Cuter

Brasília, 30 de agosto de 2019

Prezado irmão, dom Rubival Cabral Britto, bispo de Grajaú (MA)

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) manifesta seu pesar pelo falecimento de dom Franco Cuter, bispo emérito de Grajaú (MA), no sábado, 28 de setembro. Ao senhor, aos familiares e a todo o povo de Deus desta Igreja Particular, queremos nos unir em oração e em solidariedade, fazendo memória deste nosso irmão.

Dom Franco se destacou pelo trabalho missionário e pela dedicação a evangelização com as missões populares. Nas suas cartas pastorais exortou e valorizou a presença e o testemunho dos leigos e leigas cristãs e convidou toda Diocese a assumir com coragem a instituição de verdadeiros ministros leigos para melhor servir nossas comunidades.

Enviamos o nosso abraço a todos e as nossas orações pelo descanso eterno de dom Franco Cuter

Em Cristo,

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo de Belo Horizonte (MG)
Presidente da CNBB

Dom Jaime Spengler
Arcebispo de Porto Alegre (RS)
Primeiro Vice-Presidente da CNBB

Dom Mário Antônio da Silva
Bispo de Roraima (RR)
Segundo Vice-Presidente da CNBB

Dom Joel Portella Amado
Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)
Secretário-geral da CNBB

Tags:

leia também