Ministérios e serviços na comunidade de fé

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Dom José Gislon
Bispo de Caxias do Sul

 

Neste quarto domingo do Mês Vocacional, quero manifestar minha gratidão aos milhares de leigos e leigas que, pela graça do Batismo, estão inseridos na Igreja, comunidade dos batizados, como discípulos e missionários do Senhor Jesus, e dela participam ativamente através dos ministérios e serviços, mantendo viva a formação, o apostolado, a missão evangelizadora e caritativa, na celebração da vida de fé do nosso querido Povo de Deus.

Os dons dos ministérios e serviços na vida da Igreja sempre tiveram um papel importante, porque ajudaram a manter viva a fé, celebrada na vida pessoal, nas famílias e em comunidade. Devemos ter presente que “a Igreja é a comunidade dos discípulos missionários de Jesus Cristo, que é a luz única para pessoas e povos” (LG, n.1). Por isso, é bonito e gratificante tê-los presente neste Mês Vocacional, e poder manifestar gratidão a esses milhares de homens e mulheres que, tocados no coração pela força inspiradora da Palavra de Deus e iluminados pela docilidade ao Espírito, auxiliam como discípulos e missionários no cuidado da vida de fé, do Povo de Deus a caminho da casa do Pai, nas nossas comunidades, presentes nas mais diferentes realidades da nossa Diocese, mas também do nosso país.

Quando assumimos um ministério e nos colocamos a serviço do Senhor, na Igreja, comunidade dos batizados, o fazemos não porque somos perfeitos, mas conscientes de que no abandono ao Espírito, através da nossa disponibilidade para atuarmos nos ministérios, podemos contribuir na ação evangelizadora da Igreja, estando a serviço na comunidade.

Quantas das nossas comunidades de fé foram e continuam sendo marcadas de forma positiva pela participação ativa e pelo testemunho de fé de pessoas simples, de homens e mulheres, pais, mães e jovens, que abraçaram com paixão pela causa do Reino um ministério de amor-serviço na comunidade, e o exercitaram por longos anos, deixando marcas divinas e humanas no coração das pessoas, pelo modo de ser e servir o Senhor, servindo os irmãos e irmãs na Igreja, em nossas comunidades. Manifesto a todos minha estima e profunda gratidão.

 

 

 

 

 

 

Tags:

leia também