Dom Ricardo Hoepers participa hoje do Painel Farol da Esperança com temática Vida e Família

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
destaque-farol-1817

O isolamento social trouxe vários dilemas de convivência familiar que há tempos não eram tão debatidos. Por exemplo, durante a pandemia do coronavírus quem não escutou ou foi questionado sobre: como manter os relacionamentos familiares saudáveis dividindo o mesmo espaço 24 horas por dia?

Pergunta que tende a deixar muitos sem resposta e que mesmo sem querer abre espaço para uma reflexão. E para ajudar a refletir sobre essa realidade, o bispo de Rio Grande (RS) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Ricardo Hoepers, vai participar hoje, 4 de junho, às 17h, do Painel Farol da Esperança que terá como tema “Vida e Família: tempo de cuidar!”

O debate online está sendo realizado semanalmente, desde meados de abril, sempre no fim de tarde de quinta-feira, no canal do Farol 1817 no Youtube e é uma realização conjunta da Província Marista Brasil Centro-Sul (PMBCS), do Farol 1817 e do Instituto de Ciência e Fé e a Escola de Humanidades da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR).

Além de dom Ricardo Hoepers, participam do painel o professor do Programa de Pós-Graduação em Teologia e do Programa de Pós-Graduação em Bioética da PUCPR, Mario Antonio Sanches, e a assessora da Pastoral da Saúde e integrante do Movimento Rhema, da Arquidiocese de Curitiba, Jaqueline Balthazar Silva.

Os convidados vão conversar sobre os cuidados com a vida e a família em tempos de pandemia, a manutenção de relacionamentos, o papel da Igreja no ambiente familiar. Como conciliar trabalho e família em tempos de isolamento? Como manter os relacionamentos familiares saudáveis dividindo o mesmo espaço 24 horas por dia? Qual o papel da Igreja neste cenário? Entre outras reflexões.

O diretor de Identidade, Missão e Vocação da Província Marista Brasil Centro-Sul (PMBCS), José Leão, destaca que é fundamental abraçar as causas humanitárias e solidárias neste tempo de pandemia. “O objetivo do debate é propor uma reflexão sobre os desafios que a família encontra na atual cultura e as novas configurações e exigências a partir do redesenho de relações provocada pela pandemia da COVID-19”, resume.

Segundo José Leão, esse debate teve como motivação especial a Ação Solidária Emergencial da Igreja no Brasil “É tempo de cuidar” lançada recentemente pela CNBB e destaca um trecho da carta da presidência da Conferência: “A fé cristã nos compromete, de modo inarredável, na defesa da vida, em todas as suas etapas, desde a fecundação até seu fim natural. Este compromisso de fé é também um compromisso cidadão, quando reza sobre a inviolabilidade do direito à vida”.

Acompanhe o debate online do Painel Farol de Esperança, às 17h, no canal do Youtube do Farol 1817

Tags:

leia também