CIMI (Conselho Indigenista Missionário)

Publicada na quarta-feira, 6, a nota é assinada por entidades e organizações indígenas, indigenistas, socioambientais e de direitos humanos
"O governo Bolsonaro dá evidentes sinais de abandono à perspectiva técnico-científica, do respeito ao direito de existência livre desses povos, com seus próprios usos, costumes, crenças e tradições", diz o texto
Crimes têm acontecido na esteira de discursos racistas e ações ditadas pelo governo federal, como o incentivo a invasões às terras indígenas, diz CIMI
CIMI aponta que entre janeiro e setembro de 2019 foram contabilizados 160 casos de invasão a 153 terras indígenas de 19 estados
Até setembro de 2019, há registros de 160 invasões a 153 territórios de povos indígenas ante 111 invasões de 76 povos em 2018.

Organismo

Presidente: Dom Roque Paloschi
Vice-presidente: Ir. Lúcia Gianesini
Secretario Executivo: Antônio Eduardo C. Oliveira

www.cimi.org.br
[email protected]

Você também pode gostar