O Santo Padre reforçou que os cristãos são chamados a falar de Deus e dar testemunho dele aos homens e mulheres de seu tempo. Para o Papa cada um, em virtude do Batismo, é chamado a ser uma presença viva na sociedade, animando-a com o Evangelho e com a força vital do Espírito Santo
O Santo Padre destaca o papel dos leigos e leigas, a quem ele considera verdadeiros protagonistas do anúncio do Evangelho, e pede que especialmente as mulheres participem de cargos de decisão, sem sem cair em clericalismos que anulam o carisma laical
Fraternidade e amizade social são os caminhos indicados pelo Pontífice para construir um mundo melhor, mais justo e pacífico, com o compromisso de todos: pessoas e instituições. Reafirmado com vigor o não à guerra e à globalização da indiferença
O nome da terceira encíclica do Santo Padre é extraído das palavras escritas por São Francisco e será apresentada neste domingo, 4 de outubro
Com o título Fratelli Tutti (todos irmãos), que traz as palavras de São Francisco, o documento é dedicado à reflexão sobre a fraternidade e a amizade social. Acompanhe pelo Facebbok e pelo Youtube da CNBB, a partir das 9h55
“'Vinde ver' (Jo 1, 46). Comunicar encontrando as pessoas como e onde estão”. Papa Francisco escolheu as palavras de Filipe para lembrar que a comunicação pode tornar possível a proximidade necessária para reconhecer o que é essencial e compreender realmente o significado das coisas
Congregação para a Doutrina da Fé divulgou, na terça-feira, a carta Samaritanus Bonus – sobre o cuidado das pessoas nas fases críticas e terminais da vida. Texto apresenta reflexões e aprofundamentos sobre os temas do acompanhamento e cuidado dos enfermos do ponto de vista teológico, antropológico e médico-hospitalar
A fraternidade foi o tema escolhido pelo Santo Padre para assinalar este 21 de setembro, Dia Internacional da Paz convocado pela ONU. À fraternidade, aliás, é dedicada a encíclica que o Pontífice assinará em Assis em 3 de outubro
A Santa Sé, reconhecendo o profundo impacto que a crise da pandemia do coronavirus teve na sociedade e na economia, sustenta e promove o convite aos Estados a "não deixar ninguém para trás" nas várias respostas que estes darão para a crise em curso.

Você também pode gostar