Inspirado na figura do Bom Samaritano, o presidente da CNBB convocou a todos a acolher cada pessoa abandonada no caminho. "Que a paz seja buscada nas relações interpessoais, nos ambientes de trabalho e na política", disse
Dom Walmor falou sobre os ataques sofridos por indígenas recentemente: “é vergonhoso as perseguições à população indígena", afirmou

Você também pode gostar