Bispos gaúchos reunidos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Os Bispos das 18 Dioceses Católicas do Rio Grande do Sul, além dos Bispos auxiliares de Porto Alegre e de vários Bispos eméritos, estivemos reunidos por três dias no Seminário Apostólico Nossa Senhora do Caravaggio, em Farroupilha. Tivemos a alegria da presença de Dom Paulo Moretto, Bispo de Caxias do Sul, em franca recuperação de saúde. O encontro teve o objetivo de convivência fraterna, de oração e de meditação da Palavra de Deus e de discernimento pastoral.

Especial cuidado mereceu a evangelização da juventude. Entre as iniciativas se realça o Setor Jovem no Estado, buscando a cooperação das várias iniciativas de evangelização da juventude. Cada experiência preserva sua identidade. Assim os vários carismas são valorizados, a serviço da evangelização da juventude.

Tivemos também um diálogo com os representantes dos vários Institutos Superiores e Faculdades de Formação do Rio Grande do Sul. Houve consenso quanto à urgência da capacitação de lideranças leigas para o protagonismo das grandes questões da humanidade. Os bispos deram também sugestões para a formação sacerdotal e candidatos à vida religiosa.

Ouve partilha sobre o andamento das várias pastorais organizadas. Alguns Bispos referenciais, dada a presença dos Bispos novos, puderam aliviar suas agendas. Foi confirmada a Romaria da Terra sobre as águas, em Sapucaia do Sul, dia 24 de março de 2009.

Confirmada também a Romaria do Trabalhador, em Gravataí, dia 1º de maio de 2009. Foi reafirmada a realização da Missa, como oração central das romarias, embora haja significativa participação de fiéis de outras confissões cristãs nas romarias. Mesmo assim há espaço para a expressão ecumênica, que é desejada.

Analisou-se a situação em Santa Catarina. Fomos informados de que, felizmente, há abundância de alimentos e roupas. Além de recomendar a cooperação financeira através das contas já divulgadas, decidimos dialogar com o episcopado catarinense, em data ulterior, para acertar o apoio solidário da Igreja gaúcha.

Grande atenção mereceu a dimensão missionária, com realce da Amazônia e de Moçambique.

Pedimos à Diocese de Frederico Westphalen para realizar anualmente uma peregrinação dos coroinhas ao santuário do beato Adílio e de Pe. Manuel.

Desta vez reservamos bastante tempo para a leitura orante da Palavra de Deus. Assim quisemos preparar nosso coração para a vinda do Filho de Deus no Natal.

Dom Aloísio Sinésio Bohn

Tags:

leia também