A inauguração da Nova Mitra Diocesana

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Dom Roberto Francisco Ferreria Paz
Bispo Diocesano de Campos (RJ)

No dia 04 de Agosto, às 10 horas da manhã, vamos celebrar a Inauguração e Benção do prédio reformado onde funcionará a Nova Mitra Diocesana. Foram quase três anos de trabalhos que contaram com a participação atuante, benfazeja e generosa da Campanha de centenas de benfeitores das nossas comunidades eclesiais. É o momento para expressar gratidão e reconhecimento, mas também de considerar devidamente a importância da conquista e da meta alcançada.

Começamos por ponderar o lugar e a visibilidade da Nova Mitra que demonstram claramente a situação central e privilegiada em termos da cidade de Campos. Por primeira vez, contaremos com um espaço condizente com a estrutura de governo e serviços que a Mitra Diocesana deve prestar e oferecer aos seus fiéis e cidadãos campistas. Poderemos acolher com conforto e eficiência não só pessoas, mas o apostolado organizado das pastorais e setores da Igreja Local.

A comunicação usufruirá de uma sala de imprensa e estúdio de gravação para rádio e vídeo. Os departamentos e as áreas funcionais de uma Cúria Diocesana quais sejam: Judiciário e Tribunal Eclesiástico, Contabilidade, Patrimônio, Pessoal, Economato, Chancelaria, Coordenação Pastoral, e Governo nas suas instâncias definitórias; conseguirão estabelecer processos e rotinas de fluxograma que atingirão uma maior eficácia e unidade de gestão.

Para alguns esta obra não é prioritária, pois não investe diretamente na missão externa, mas o que vemos sempre é que sem comunhão não existe missão, sem unidade não há pastoral de conjunto nem organicidade no apostolado, mas uma concorrência selvagem e individualista de posturas e imposturas que terminam por desagregar e dividir o Povo de Deus. Há muitas pessoas que têm uma visão bairrista ou paroquialista extrema, esquecendo que a realidade de direito divino da Igreja acontece em torno ao Bispo Diocesano, legítimo Sucessor dos Apóstolos.

A Nova Mitra Diocesana quer ser sinal vivo do Reino, da pastoral arrojada do Povo de Deus, de um Laicato consciente e participativo e de uma Igreja dos pobres e para os pobres como quer nosso querido Papa Francisco. Deus seja louvado!

Tags:

leia também